GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Saúde

Secretaria de Saúde confirma mais três casos positivos de H1N1 em Rio Preto

Desde o início do ano 11 pessoas já morreram em decorrência do vírus Influenza A na cidade; Prefeitura afirma que o município atingiu 95,58% de cobertura vacinal contra a gripe nos grupos prioritários

Novos casos de Síndrome Respiratória Grave foram confirmados pela Secretaria de Saúde nesta quinta-feira, dia 19, em Rio Preto. O município contabiliza 356 notificações e, deste total, 87 casos são positivos para a Influenza A. Até agora, 11 pessoas morreram em decorrência ao vírus.

Confundido com um resfriado pela semelhança dos sintomas, o H1N1 é mais agressivo ao organismo. Idosos, crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, ou imunodeficiência são mais vulneráveis. Somente neste ano, oito pessoas morreram e outras 68 foram infectadas pelo vírus no município.

Outras duas mortes foram registradas em Rio Preto devido à complicação aos vírus H3N2. As manifestações entre os dois subtipos (H1N1 e da H3N2) não diferem muito. Coriza, tosse, dor muscular (mialgia), dor de garganta e febre costumam estar presentes.

E tanto uma quanto outra pode levar à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que ocorre quando uma infecção bacteriana ataca as vias aéreas inferiores, causando pneumonia. De todos os casos de gripe, somente os de SRAG são notificados à vigilância epidemiológica.A Secretaria de Saúde também informou que uma das mortes foi causada pela Influenza A, porém não foi especificado se foi em decorrência a H1n1 ou H3N2.

Vacinação

O município atingiu 95,58% de cobertura vacinal contra a gripe nos grupos prioritários com meta. O índice já ultrapassa a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, de pelo menos 90% de imunização do público-alvo. Os grupos que continuam sem atingir a cobertura são o das gestantes (77,9%) e o das crianças (84,97%).A maior cobertura é a do grupo dos professores: 117,86%. O índice supera 100% porque o número de imunizados superou a estimativa inicial, o que aconteceu também entre as puérperas (104,525). Entre os profissionais da saúde, a cobertura é de 99,74% e entre os idosos, 97,71%.No total, 152.480 pessoas foram vacinadas no município, incluindo seis indígenas, 26.234 portadores de doenças crônicas, 2.079 crianças (segunda dose), 3.054 presidiários, 249 funcionários do sistema prisional e 18.746 pessoas sem comorbidades.

A campanha de vacinação contra a gripe terminou no dia 23 de junho, mas a imunização continua sendo feita até o fim do estoque. Desde então, foram incluídos outros dois grupos na estratégia de vacinação: crianças com idades entre 5 a 9 anos e adultos a partir de 50 anos.

As 27 unidades de saúde de Rio Preto contam com salas de vacina, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h30. Nas unidades do Santo Antônio, Eldorado, Solo Sagrado, Vetorazzo, Parque Industrial, Vila Toninho, São Deocleciano, Rio Preto I e Jaguaré, a vacinação é feita das 7h às 19h30.

Por Alex Pelicer em 19/07/2018 às 23:59
JK Essencial Residence