GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Saúde

Rio Preto ultrapassa meta de vacinação contra gripe

De acordo com balanço da Secretaria Municipal de Saúde foram imunizadas 97.342 pessoas, o que representa 91,11% do total

Rio Preto ultrapassa meta da vacinação contra gripe. De acordo com boletim divulgado na quinta-feira, dia 28, 97.342 pessoas foram vacinadas, incluídas nos grupos prioritários com meta, ou seja, 91,11% do total. O índice, portanto, ultrapassa a meta de cobertura vacinal estabelecida pelo Ministério da Saúde, de 90%.

Entre os grupos prioritários, o dos professores foi o que teve maior cobertura até agora: 110,85%, o que significa que o número de profissionais vacinados superou a estimativa inicial. A cobertura de puérperas também ultrapassou a estimativa inicial: 101,66% foram vacinadas. Profissionais de saúde e idosos atingiram a meta de vacinação com 96,47% e 94,40%, respectivamente.

Os únicos grupos que ainda não atingiram a cobertura vacinal estabelecida pelo Ministério da Saúde foi o das crianças, com 77,09% e o das gestantes, com 72,25%.

No total, 137.255 pessoas foram vacinadas em Rio Preto, incluindo 25.198 portadores de doenças crônicas, 1.310 crianças (segunda dose), 3.018 presidiários, 243 funcionários do sistema prisional, seis indígenas e 10.144 pessoas sem comorbidades.

Com o fim da campanha na última sexta-feira (22), dois novos grupos foram incluídos na estratégia de vacinação esta semana: crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59 anos. A vacinação continuará sendo feita até o fim do estoque.

Casos confirmados

A Secretaria de Saúde de Rio Preto confirmou também na quinta-feira, dia 28, novos casos de Síndrome Respiratória Grave. O município contabiliza 292 notificações, sendo que 75 casos foram confirmados para o vírus Influenza, 213 já foram descartados e 4 ainda estão sendo investigados. Dos 75 casos confirmados, 58 são casos de Influenza A H1N1 pdm09, 14 são de Influenza A H3N2 e 2 casos são de Influenza B. Existe ainda um caso confirmado para Influenza A não subtipado.

Esta semana, o município não confirmou óbitos em decorrência da Síndrome Respiratória Aguda Grave.  Este ano, Rio Preto contabiliza 10 óbitos por Influenza grave. Sete por Influenza A H1N1 pdm09, dois por Influenza A H3N2 e um por Influenza A não subtipado. Em 90% dos óbitos por Influenza havia alguma comorbidade ou situação de risco para complicações.

 

Por Da Redação em 28/06/2018 às 23:59