GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Saúde

Abril Marrom alerta para prevenção da cegueira

Mês é dedicado aos cuidados com doenças como glaucoma, catarata, degeneração macular e diabetes

É melhor prevenir do que remediar! Este ditado é antigo, mas nunca esteve tão em alta, principalmente quando o assunto em questão é nossa saúde. Diagnósticos precoces, exames preventivos, hábitos saudáveis para evitar doenças, enfim... Nunca a prevenção esteve tão em foco como agora. O alerta da vez é para nossos olhos. O quanto é difícil não enxergar? Neste mês médicos oftalmologistas e gestores públicos de todo o país estarão engajados na campanha ‘Abril Marrom’, que tem como objetivo incentivar a população a realizar exames preventivos para a descoberta de problemas na visão, especialmente de doenças que podem levar à cegueira.

Através de ações da iniciativa pública e privada, serão organizadas palestras, debates, ações educativas e campanhas publicitárias de combate às doenças oculares. Em mutirões de exames, as avaliações serão direcionadas para evitar vícios de refração, catarata, retinopatia diabética, glaucoma e degeneração macular. “Existem tratamentos para mais da metade das doenças que causam a cegueira. O que falta é um diagnóstico precoce e tornar esses tratamentos acessíveis a toda população”, afirma o oftalmologista Prof. Dr. Gildásio Castello Júnior, do Visum Centro de Olhos. “As doenças evoluem silenciosamente, e as pessoas só procuram o médico quando já perderam parte da visão”, completa.

Segundo dados do Censo de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Atualmente estima-se que no Brasil há mais de 1,2 milhões de cegos, com visão corrigida igual ou inferior a 20%, e também cegueira total. Na capital paulista, 53 mil pessoas são cegas e a maioria destes casos poderia ter sido evitada com o diagnóstico e o tratamento precoce. “Diabéticos, crianças, adultos acima de 40 anos e idosos acima de 60 anos devem ter ainda maior atenção aos cuidados com a saúde dos olhos, pois constituem grupos com maior número de ocorrências”, explica o oftalmologista Dublim Sacchetin.

“O Abril Marrom é uma inciativa extremamente importante para disseminar o conhecimento e incentivar a postura de atenção da população. Educar as pessoas para que procurem auxílio médico não só quando o problema vem à tona é essencial para reduzirmos os casos de cegueira e assegurar uma vida mais confortável a todos”, explica Gildásio Castello Júnior.

#Curiosidade: O nome da campanha se deve ao fato da maioria dos brasileiros terem olhos castanhos, de cor marrom, e da íris de olhos de qualquer cor ser marrom.

Notinhas:

Workshop para aspirantes a Medicina

Existe maneira melhor de ter certeza da profissão escolhida do que conhecendo na prática? É com este intuito que a Faceres realiza neste sábado o 2º Workshop de Medicina voltado para estudantes de ensino médio e cursos pré-vestibulares. São 100 vagas disponíveis para que os participantes possam vivenciar o cotidiano universitário do curso de medicina em todos os aspectos, desde a teoria até a prática. O destaque desse ano é para a simulação realista de casos clínicos com bonecos que reproduzem o corpo humano. A intenção é reproduzir atendimentos médicos de urgência e a realização de procedimentos cirúrgicos como suturas, que serão realizados com peças naturais, com a supervisão de alunos-monitores e professores. As inscrições para o evento, que será das 7h30 às 19h, podem ser feitas pelo workshopmedicinafaceres.eventbrite.com.br. O valor é de R$ 100 (incluso almoço, café da manhã e coffee break, e uma camiseta do curso de medicina da Faceres).

Já ouviu falar em Captura Híbrida?

O exame de captura híbrida para HPV é um teste de alta sensibilidade, capaz de detectar o DNA do HPV e revelar se o vírus encontrado é do tipo que pode causar câncer. De acordo com a ginecologista Clícia Quadros, além do HPV, o exame pode detectar diversos micro-organismos causadores de doenças infecciosas, como vírus da hepatite B, HIV, dentre outros, além das bactérias que causam sífilis e gonorreia. “Geralmente o exame é solicitado quando percebe-se alguma alteração no Papanicolau”, explica a médica. Mais um preventivo para a lista mulheres!

Atendimento de qualidade a baixo custo. É possível?

Muitas pessoas estão cancelando seus convênios médicos. Seja por causa da crise ou porque preferem pagar somente quando houver necessidade, fato é que, acompanhando este movimento, várias clínicas ‘populares’ estão surgindo com o intuito de atender esta parcela da população. Recentemente uma equipe de médicos renomados de Rio Preto e região se uniu e criou a Multmed – Clínica de multiespecialidades. Já posso adiantar que a localização, ali na Rua Mirassol (próxima a Avenida Bady Bassit), é ótima, e o atendimento que conferi aos pacientes que ali encontrei é de muita atenção e respeito. Uma clínica humanizada! Ponto positivo.

Por Izabela de Paula em 12/04/2018 às 23:59
JK Essencial Residence