Saúde

Rio Preto ganha um dos hospitais oftalmológicos mais modernos do Brasil

D'Olhos Hospital Dia será inaugurado nesta sexta-feira, dia 27, sob o comando do médico Dr. Carlos Figueiredo

 

Idealizado para se tornar referência nacional em oftalmologia, o D’olhos Hospital Dia de São José do Rio Preto abre as portas oficialmente nesta sexta-feira, dia 27, em um coquetel para convidados, imprensa e profissionais da saúde. O projeto, iniciado em 2013, traz um conceito moderno e inovador, com uma estrutura inédita no Brasil e arquitetura pensada para proporcionar conforto e facilidade aos pacientes.

O novo hospital foi idealizado pelo médico oftalmologista, Doutor Carlos Figueiredo, um dos mais respeitados da área no país e que atua em Rio Preto desde 1980. “Atinjo um sonho de quase 40 anos, desde quando me formei em Medicina. Um sonho que valeu a pena. Hoje, podemos dizer que temos um dos hospitais oftalmológicos mais modernos do mundo”, ressalta.

Se diferenciar de tudo o que já existia no Brasil foi uma das missões recebidas pela arquiteta Cláudia Togni, responsável pelo projeto. “Foram sete anos entre pesquisas, estudos e obras até conseguirmos um Hospital com recursos de sustentabilidade, tecnologia avançada, mobilidade e mais uma série de preocupações que o torna único no Brasil”, destaca a arquiteta.

Cada um dos sete andares se baseia em um eixo central redondo inspirado no formato das pupilas. É nesta parte que se concentram os consultórios e o Centro Cirúrgico. Os vidros que cobrem o Hospital trazem luminosidade para a área interna beneficiando a economia de energia, além disso, eles são especiais e evitam que a maior parte do calor do sol não entre.

A estrutura do Hospital tem a capacidade para receber mais de 5 mil pacientes e realizar cerca de mil procedimentos cirúrgicos por mês. Foram projetados 48 consultórios, que vão abrigar especialistas de diversas áreas da saúde. “Há anos temos nível tecnológico, cientifico e assistencial que nos coloca em um outro patamar. Faltava apenas elevar o nível da estrutura hospitalar, e agora está completo”, ressalta Doutor Carlos Figueiredo.

Atualmente, o hospital conta com diversas especialidades em oftalmologia: cirurgia de catarata, cirurgia refrativa, cirurgia de glaucoma, transplante de Córnea, estrabismo, íris, lentes de contato, oftalmopediatria, plástica ocular, prótese ocular, vias lacrimais, retina e vítreo. Há ainda uma clínica de cirurgia plástica e uma de dermatologia.

 

O CENTRO CIRÚRGICO

Entre as características inovadoras do hospital, o Centro Cirúrgico é um dos destaques. Com vidros entre os corredores, ele proporciona mais transparência no atendimento e nos cuidados que os pacientes recebem, parte da política de atendimento humanizado adotada pelo hospital.

O projeto também foi pensado para privilegiar o alto controle contra infecções hospitalares, com aparelhos cirúrgicos de última geração que melhoram a eficiência de todos os procedimentos. O local ainda conta com uma ala de recuperação pós-cirúrgica.

O investimento na estrutura e nos equipamentos modernos traz um novo padrão de excelência em procedimentos cirúrgicos. “A cirurgia oftalmológica é uma das mais minuciosas de toda medicina. É uma das que menos admite erros. A precisão é essencial sendo que a tecnologia nos ajuda muito”, completa Doutor Carlos Figueiredo.

O novo centro cirúrgico também está preparado para receber procedimentos de outras especialidades além da oftalmologia.

 

SUSTENTABILIDADE

A sustentabilidade foi uma preocupação tomada desde a concepção da ideia.  Toda a água da chuva é reaproveitada para limpeza e irrigação dos jardins. Já a água produzida pelo sistema de ar-condicionado é captada por meio de drenos e direcionada para a para o abastecimento das caixas usadas na descarga de vasos sanitários de todo o hospital.

Os vidros especiais foram utilizados para que menos eletricidade seja usada nos andares com o aproveitamento da luz externa. “Além disso, a disposição interna e a utilização dos vidros trazem uma interatividade entre a parte interna e a externa do prédio, trazendo mais conforto e tranquilidade para os pacientes”, lembra Cláudia.

O planejamento da diretoria do Hospital é implementar um projeto de produção de energia fotovoltaica para início de 2018.

 NÚMEROS DA OBRA

São 10400 m² de construção. Para que a obra ficasse pronta, foram necessários mais de 30 mil sacos de cimento, e cerca de 1.700 m² de vidro. O local oferece com 50 vagas de estacionamento e quatro lojas. Uma lanchonete já está instalada no local.

O prédio conta com tecnologia de fibra ótica, câmeras com vídeo analítico, sistema de automação predial que controla desde a iluminação, o acesso de pessoas, a temperatura e até mesmo umidade do local e possíveis inundações.

 

GERAÇÃO DE EMPREGOS E ECONOMIA

O Hospital aumentou em 20% o número de empregos diretos em relação à clínica anterior. Atualmente, são 90 colaboradores, número que deve aumentar em breve.  Além disso, há os empregos indiretos e a movimentação da economia no bairro que a instalação do D’Olhos trouxe.

O médico lembra que a cidade toda ganha com a obra, já que pessoas de todo o Brasil utilizarão os serviços do Hospital. “A medicina de Rio Preto é uma das mais avançadas do país, com a área de oftalmologia como uma das que mais se destacam. Este hospital nos coloca em nível internacional, o que certamente trará benefícios indiretos a cidade”, completa doutor Carlos Figueiredo.

O bem-estar do colaborador também foi uma preocupação do projeto. Em um dos andares do prédio, há um espaçoso refeitório com copa e cozinha e um lounge – uma sala de descanso com sofás, pufs, TV e internet.

Instalado em uma das principais avenidas da cidade– a Murchid Homsi -, o Hospital D’Olhos conta com uma localização privilegiada, entre as rodovias Washington Luis e BR-153, o que facilita o acesso para a população de outras cidades e regiões. Atualmente, o Hospital funciona de segunda à sexta, das 8h às 19h.

Por Da Redação em 25/10/2017 às 22:28
JK Essencial Residence