Psicologia

Papai Noel existe?

Muitos pais enfrentam um grande dilema nessa época do ano, como lidar com o Papai Noel.

 

Contar ou não sobre o Papai Noel?

Crianças de até seus 03 a 04 anos acreditam facilmente no Papai Noel, nessa idade inclusive elas gostam dessas fantasias. Fantasiar é fundamental para o desenvolvimento da criança e acreditar em alguém que representa o amor, a solidariedade, a bondade e a gentileza na figura do “bom velhinho” não faz mal nenhum. Inclusive ajudará a criança ter carinho pelos idosos.

O Papai Noel além de nos ensinar sobre o amor, amizade, trabalho em equipe, ensina as crianças que bons atos geram conseqüências positivas.

 Alguns pais questionam sobre a questão do estímulo ao consumismo, mas cabe aos pais colocarem limites a criança quanto a quantidade de presentes, orientando também os demais familiares. Uma atitude bacana é pedir para que a criança separe os brinquedos que não usa mais e doar para alguma instituição, explicando que novos irão chegar. Assim a criança além de aprender não ser tão consumista, aprenderá ser solidaria e exercitar a caridade.

Portanto, a lenda do Papai Noel pode ser bastante positiva para a criança.

As crianças a partir do 05, 06,  algumas somente aos 07 anos, começam a deixar o pensamento fantasioso, passam a querer entender a lógica das histórias e ao questionar-se deixam de acreditar no Papai Noel, esse é um processo natural que não irá trazer trauma nenhum para criança. Porque nesse momento a criança entende que o Papai Noel na verdade sãos seus pais e ficam felizes pelo carinho recebido.


O mais importante é manter um diálogo honesto com a criança e quando a mesma perguntar sobre a existência ou não, os pais podem devolver a pergunta, questionando porque a criança está perguntando. Na maioria das vezes quando pergunta acontece à criança já sabe a resposta e está apenas para certificando-se ou até mesmo testando os pais. Por isso é importante não mentir nesse momento.

A magia do Natal não deixará de existir com o crescimento da criança. Afinal a magia do Natal está no real motivo dessa data que são as comemorações do nascimento de Cristo e todo o sentimento de amor e solidariedade que renasce em nossos corações.

Por Monica Soares em 19/12/2015 às 00:00
JK Essencial Residence