GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Quatro mulheres são agredidas em diferentes bairros de Rio Preto

Vítimas sofreram ameaças e lesões corporais por atuais e ex-companheiros

Quatro mulheres foram agredidas entre a noite de sexta-feira, dia 19, e madrugada deste sábado, dia 20, em Rio Preto. As vítimas sofrem ameaça, lesões pelo corpo por atuais e antigos companheiros.
Segundo consta em boletim de ocorrência um destes casos ocorreu no bairro Vila Toninho.  Uma mulher de 37 anos dirigia seu veículo enquanto que o namorado estava no banco de passageiro.
O homem pediu para ver as mensagens do celular da parceira que perguntou o motivo. O homem ficou furioso e desferiu um soco no rosto da mulher. Ela perdeu o controle do veículo e bateu em um portão de uma residência.
Após a colisão ela foi arrastada para fora do carro e levou socos, puxões de cabelo e chutes. O ataque continuou com o agressor batendo com um capacete na cabeça da vítima. Testemunhas acionaram a polícia. O agressor ainda ofendeu a parceira e ameaçou mata-la.
Consta que a vitima ficou bastante machucada, com olho inchado, dente quebrado, cabelos arrancados e dores por todo o corpo.

Outros ataques

Três outros ataques à mulheres foram registrados no bairro João Paulo II, Conjunto Habitacional Guiomar Assad Calil e em uma boate localizada na avenida Pedro de Oliveira Bueno, em Rio Preto.
No João Paulo II uma moradora de rua de 37 anos foi agredida pelo seu companheiro, também em situação de rua. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava em uma casa do bairro com um amigo quando o acusado tentou pegar seu cachimbo para consumir droga (crack). Ao ser impedido, ele pegou um pedaço de maneira e acertou a sua cabeça.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu a vítima que ficou ferida. Ela foi levada até à UPA Jaguaré. O acusado não foi encontrado pelos policiais miliares.
Já no Conjunto Habitacional Guiomar Assad Calil, policiais militares foram acionados para ajudar uma mulher que estava sendo ameaçada pelo seu ex-companheiro.
De acordo com o boletim de ocorrência, o homem, que tinha uma medida protetiva, estava em seu apartamento fazendo ameaças. A vítima, uma babá de 45 anos, conseguiu se trancar no quarto e pediu ajuda. O policiais foram até o local e encontraram o homem que aparentava estar embriagado e sob efeitos de drogas. A vítima apresentou um mandado judicial que mostra a medida protetiva contra o homem. Os policiais conduziram o ajudante de pedreiro de 50 anos até a Central de Flagrantes, onde ele foi preso.
O último caso foi com uma vendedora de 22 anos agredida pelo ex-namorado, com quem tem um filho de um ano. De acordo com o boletim de ocorrência, o caso ocorreu por volta das 2h da madrugada deste sábado, 20, em uma boate localizada na avenida Pedro de Oliveira Bueno. O agressor deu um soco na cabeça e pegou bolsa da ex-namorada. Ela foi amparada pelas pessoas que estavam no local e depois foi até o Plantão Policial. A vítima afirmou que o homem já a agrediu outras vezes e ela tem medida protetiva contra ele.

Por Da Redação em 20/10/2018 às 13:57
JK Essencial Residence