GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Haddad tira Lula e reduz vermelho de publicidade

O vermelho limita-se a um detalhe em que o número 13 aparece em cor amarela

O comitê eleitoral de Fernando Haddad (PT) reduziu a aparição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em uma cela da Polícia Federal em Curitiba, e o vermelho, marca petista, do novo material de campanha para segundo turno.
Nas novas peças de campanha, até a bandeira mudou de cor.
Agora há dois modelos de bandeira: azul e branca, usados no material publicitário.
Também nas fotos oficias e adesivos, o vermelho foi substituído por azul, branco e as cores da bandeira do Brasil.
O vermelho limita-se a um detalhe em que o número 13 aparece em cor amarela.
Na foto oficial, Haddad e sua vice, Manuela D'Ávila (PCdoB), usam blazer. Ele, azul. Ela, bordô.
Em azul, está a inscrição "Todos pelo Brasil". Figura central no primeiro turno, Lula não aparece mais.
O ex-presidente, cuja foto aparecia ao lado de Haddad e da vice Manuela d'Ávila, sumiu do novo material.
Em entrevista o ex-ministro Jaques Wagner defendeu a mudança como estratégia para se contrapor a Jair Bolsonaro.
A bandeira do Brasil é de todos nós. A gente não pode entregar graciosamente para eles o que é um símbolo do Brasil", disse.

 

 

Por Da Redação em 11/10/2018 às 14:22
JK Essencial Residence