GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Itamar Borges recorre de decisão que barrou sua candidatura

Candidato à reeleição foi condenado pela lei da Ficha-Limpa

O deputado estadual Itamar Borges (MDB), recorreu da decisão que barrou o registro de sua candidatura por condenação de improbidade administrativa. Itamar que tenta a reeleição teve candidatura indeferida pela Procuradoria Regional Eleitoral com base na lei da Ficha Limpa. Em 2016, órgão colegiado da Procuradoria condenou o deputado por improbidade administrativa  em segunda instância. Com a decisão ficou determinada a suspensão dos seus direitos políticos. As supostas irregularidades teriam sido cometidas quando Itamar ainda era prefeito de Santa Fé do Sul, em 2001. A ação que resultou na condenação é de 2005. Entre as irregularidades apontadas está a compra de materiais de escritório, peças de automóveis e demais produtos com uso de notas fiscais falsas.
Na defesa apresentada por Itamar consta que a condenação não aponta "dolo", ou seja, que ele tenha cometido a irregularidade intencionalmente.

Por Raphael Ferrari em 21/09/2018 às 14:37
JK Essencial Residence