GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Em novo vídeo Bolsonaro afirma 'nunca me senti tão bem na minha vida'

Candidato acredita que terá alta até o fim deste mês

O candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, postou em sua conta no Instagram nesta sexta-feira (21) um novo vídeo gravado no Hospital Albert Eintstein onde diz que espera receber alta até o final do mês. "Nunca me senti tão bem na minha vida. Meu muito obrigado a todos vocês. Até o final do mês se Deus quiser estarei de alta!" Bolsonaro está internado há duas semanas em São Paulo após ser atacado por uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). Confira o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=5SDQsqPTRFI

Bolsonaro postou no Twitter que votou pela revogação da CPMF na Câmara dos Deputados e que nunca cogitou sua volta. "Nossa equipe econômica sempre descartou qualquer aumento de impostos. Quem espalha isso é mentiroso e irresponsável. Livre mercado e menos impostos é o meu lema na economia!"

A Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF) foi um imposto que existiu até 2007 para cobrir gastos do governo federal com projetos de saúde. Esta semana, o jornal "Folha de S.Paulo" publicou reportagem informando que o orientador econômico da campanha de Bolsonaro, Paulo Guedes, disse que pretendia recriar um imposto nos moldes da CPMF.

A publicação também afirmou que Guedes estudava uma alíquota única do Imposto de Renda (IR) de 20% para pessoas físicas e jurídicas. Segundo o blog do Valdo Cruz, do hospital, Jair Bolsonaro (PSL) "enquadrou" seu conselheiro econômico, gerando apreensão no mercado. Nesta sexta-feira (21), Paulo Guedes cancelou a sua participação em um evento para empresários na Câmara de Comércio Americana (Amcham), em São Paulo, onde iria debater as propostas de desenvolvimento e ajuste fiscal do candidato.

Pouco antes, Bolsonaro postou uma declaração contra os ataques sofridos pelos adversários na campanha, classificando como "covardes". "Enquanto adversários dedicam seus milhões em campanha a ataques covardes contra nós, o Brasil sofre com 60 mil homicídios por ano, 14 milhões de desempregados, 50 mil estupros. Essa é a diferença. A preocupação deles é com o poder a qualquer custo. A nossa é com o futuro do país!", diz a mensagem.

Por Raphael Ferrari em 21/09/2018 às 14:27
JK Essencial Residence