ENQUETE GAZETA Enquete - Gazeta de Rio Preto
GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Rio Preto sedia audiência pública para formatar orçamento estadual

Comissão vai colher sugestões para aperfeiçoamento e elaboração do projeto; estimativa do Estado é de trabalhar com R$ 220 bilhões no ano que vem

A Câmara de Rio Preto sedia nesta sexta-feira, dia 8, a audiência pública para apresentação de propostas à Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa de São Paulo. O objetivo é coletar informações para a elaboração do orçamento do ano que vem. Ao todo, serão 20 reuniões, que serão realizadas em todas as regiões administrativas do Estado. O encontro em Rio Preto, que deve contar com a presença dos deputados estaduais da região, é o quarto da agenda.

O ciclo de audiências está sendo realizado pelo 14º ano consecutivo e foi antecipado para o primeiro semestre devido ao calendário eleitoral. Ao final, será produzido um relatório apontando as principais propostas, que podem ser transformadas em emendas parlamentares para o exercício de 2019, que deve ter um orçamento de aproximadamente R$ 220 bilhões.

A audiência tem como objetivo principal ouvir sugestões da população que pode dar opiniões relacionadas a temas como Educação, Segurança, Meio Ambiente, Agricultura, Emprego, Turismo, Ciência e Tecnologia, Esportes, Saúde, Saneamento, Habitação, Transportes e Cultura, que compõem o orçamento.

O deputado estadual Orlando Bolçone (PSB), vice-presidente da Comissão, disse que os resultados das audiências vão além do aperfeiçoamento do orçamento do Estado, e citou como exemplo a política de enfrentamento ao crack e a outras drogas pesadas, que surgiu a partir de sugestão colhida em reuniões nesse formato. “Não se trata de debate, e sim de ideias que são apresentadas e que podem se tornar ações do governo. Eu, que vou presidir a audiência em Rio Preto, junto as sugestões que nos são passadas nas reuniões e encaminho às secretarias para que possam ser aproveitadas”.

Bolçone afirmou que no ano passado Saúde, Segurança e Educação lideraram as sugestões dos rio-pretenses. Além delas, o deputado destacou pedidos de servidores estaduais que cobraram aumento de subsídios ao Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual), e destinação de recursos para obras de infraestrutura, como recapeamento de ruas e avenidas.

A audiência começa às 10h e os participantes recebem uma cédula onde “votam” em três diretrizes que entendem que devam ser tratadas com prioridade pelo governo, que deve encaminhar até o dia 30 de setembro o texto do orçamento para votação em plenário da Assembleia Legislativa.

Por Getúlio Salvador em 07/06/2018 às 23:59