Política

UPA do Santo Antônio tem fechamento suspenso por, pelo menos, um mês

Secretário de Saúde Aldenis Borim disse que espera por duas emendas parlamentares que, somadas, dão R$ 1,7 milhão; Justiça vai aguardar chegada de recursos e garante manutenção do atendimento

A expectativa pela chegada de duas emendas parlamentares – uma do deputado estadual João Paulo Rillo (Psol) e outra do federal Sinval Malheiros (Podemos) – deve garantir, por pelo menos mais um mês, que a UPA do bairro Santo Antônio não tenha o horário de atendimento reduzido, como queria a Prefeitura de Rio Preto.

Durante audiência realizada nesta tarde, na Câmara, o secretário de Saúde, Aldenis Borim, disse que espera conta com os repasses que, somados, chegam a R$ 1,7 milhão. O valor que será destinado por Sinval (R$ 1,2 mi) deverá ser aplicado em obras de reformas da unidade, sem que haja a necessidade de fechamento. A emenda de Rillo (R$ 500 mil) será destinada à compra de equipamentos.

O promotor Sérgio Clementino, que participou da reunião, disse que vai aguardar a chegada dos recursos por um mês, e que, nesse período, a unidade vai manter o atendimento.

Por Getúlio Salvador em 17/04/2018 às 16:25