GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Câmara aprova e professores e funcionários terão acesso à merenda

Com 13 votos favoráveis, plenário aceita proposta do Executivo e comida dos alunos poderá ser compartilhada nas escolas da rede municipal de ensino

A Câmara de Rio Preto aprovou na sessão desta terça-feira, dia 17, projeto de lei de autoria do Executivo, que autoriza professores e funcionários da rede municipal de ensino de Rio Preto a comerem a merenda servida aos alunos. Batizado como “Programa de Educação Alimentar nas Escolas Municipais”, a matéria foi aprovada com 13 votos favoráveis.

Com a aprovação, cerca de 3 mil professores e funcionários das 135 escolas municipais de Rio Preto passam a ter direito ao benefício. No ano passado, a Câmara já havia aprovado um projeto do vereador Jean Dornelas (PRB) que garantia o direito, mas o texto foi vetado por Eleuses Paiva (PSD), que ocupava de forma interina o cargo de prefeito.

No dia 12 do mês passado, o governo protocolou o projeto na Câmara, aprovado na sessão desta terça-feira. Outra matéria do Executivo que foi aprovada, em primeira discussão, é o pedido de abertura de crédito adicional especial de R$ 44 mil, para a Secretaria de Habitação.

Os vereadores aprovaram, em regime de urgência, o projeto do vereador Pedro Roberto, que institui em Rio Preto o “Abril Verde”, voltado à prevenção de acidentes de trabalho.

Em primeira discussão aprovaram o projeto do vereador Marco Rillo (PT), que exige a conservação dos traços arquitetônicos originais quando forem realizadas reformas ou reparos em bens públicos na cidade.

O plenário aprovou também a proposta do vereador  Francisco Júnior (DEM), que declara de utilidade pública a União Brasil Karate-Do Shitoryu Kai, projeto da vereadora Karina Caroline (PRB), que inclui pontos de ônibus do programa "Empresa Amiga da Cidade", que autoriza parcerias de empresas com a Prefeitura para manutenção de parques, praças, canteiros e centros esportivos em troca de publicidade nos locais.

Por Getúlio Salvador em 18/04/2018 às 09:30
JK Essencial Residence