Política

Liszt Abdala será convidado para prestar esclarecimentos à Câmara

Comissão permanente formada por quatro vereadores deve encaminhar oficio nesta sexta-feira, diretamente à secretaria de Desenvolvimento Econômico

A Comissão Permanente de Obras, Serviços Públicos e outras utilidades deve protocolar nesta sexta-feira, dia 12, o convite para que o secretário de Desenvolvimento Econômico de Rio Preto, Liszt Abdala, preste esclarecimentos sobre a participação da empresa da irmã e da mulher dele na licitação que tinha como objeto a contratação de serviços para desenvolvimento do aplicativo para cobrança de estacionamento em Área Azul na cidade. 

Segundo Celso Peixão, na tarde des quinta-feira, dia 11, os quatro vereadores que fazem parte da comissão já haviam assinado o documento, que devido ao recesso da Câmara, deverá ser encaminhado diretamente à secretaria de Desenvolvimento Econômico. “O recesso termina dia 30, por isso o ofício chegará a ele de forma direta. Já temos as quatro assinaturas e deveremos protocolo será feito nesta sexta-feira”, afirmou.

A comissão tem o vereador Gerson Furquim (PP) como presidente, Celso Peixão (PSB) e Jean Dornelas (PRB) como membros, e Marco Rillo (PT) como suplente e vai sabatinar o secretário no que deve ser uma preliminar de uma CPI que poderá ser instalada na Câmara ao final do recesso parlamentar. Os problemas que foram apresentados com a instalação do aplicativo para cobrança digital de estacionamento na Área Azul deverão ser alvos de uma apuração mais intensa por parte dos vereadores. O presidente da comissão disse desde o primeiro momento que seria favorável à sabatina de Liszt e que autorizou o encaminhamento dos trabalhos do grupo.

Na sexta-feira da última semana, dia 5, a então presidente da Emurb, Vânia Pelegrini, também passou por uma sabatina na Câmara, onde deu explicações sobre os problemas relacionados à mesma licitação, que acabou sendo vencida por uma empresa que tinha uma funcionária comissionada da Emurb como sócia. Horas depois de estar frente a frente com vereadores, ela deixou o cargo.

O convite que deve ser encaminhado a Liszt nesta sexta-feira não tem os efeitos de uma convocação, o que dá ao secretário o direito de não atender aos vereadores. A comissão, no entanto, minimiza a possibilidade de não comparecimento do secretário. Na tarde desta quinta-feira, dia 11, a reportagem tentou entrar em contato com Liszt Abdala, mas ele não atendeu o celular.

 

Por Getúlio Salvador em 11/01/2018 às 23:59
JK Essencial Residence