ENQUETE GAZETA Enquete - Gazeta de Rio Preto
GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Política

Emurb vai ser alvo de CPI da Câmara de Rio Preto

Vereador Fábio Marcondes propõe abertura de comissão para investigar irregularidades no contrato com empresa que desenvolveu aplicativo para cobrança

Depois de sabatinar a presidente da Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb), Vania Pelegrini, a Câmara de Rio Preto decidiu instalar uma CPI para apurar irregularidades no contrato para cobrança digital pelo uso de estacionamento rotativo na cidade. Nesta semana, a Emurb rompeu contrato com a vencedora da licitação e exonerou a funcionário Roberta Nunes Ferreira Costa, que também é uma das sócias da empresa.

Na manhã desta sexta-feira, dia 5, Vânia Pelegrini foi sabatinada na Câmara, mas as explicações não foram suficientes para barrar a investigação, que foi proposta pelo vereador Fábio Marcondes (PR) e já conta com a assinatura de sete membros da casa para ser instalada.

A CPI vai investigar os contratos da empresa e a comissão de licitação, responsável pela contratação da empresa que estava inapta a participar do processo por ter uma sócia ocupando cargo comissionado na gestão municipal. Devido ao recesso do Legislativo, a CPI será protocolada depois do dia 22 deste mês. 

Por Getúlio Salvador em 05/01/2018 às 15:24