Política

Eleuses vai comandar interinamente a Prefeitura de Rio Preto

Edinho Araújo se afasta do cargo por dez dias, sem remuneração, e vice assume a administração

O prefeito Edinho Araújo (PMDB) transmitiu, na tarde desta terça-feira, dia 31, o comando da Prefeitura ao médico Eleuses Paiva (PSD), vice-prefeito da cidade, que vai ficar durante dez dias à frente da administração. Edinho confirmou o que havia anunciado do dia 10 de outubro, quando efetivou o médico Aldenis Borim à frente da Secretaria da Saúde de Rio Preto, pasta que era ocupada por Eleuses, licenciado das funções para tratar de problemas de saúde.

Durante a transmissão temporária do cargo o prefeito fez uma série de elogios ao vice, afirmando que o sucessor vai trabalhar “em um ambiente bastante conhecido e que contará com o apoio da Câmara e do secretariado nos dez dias que estiver à frente da Prefeitura”.

Eleuses, por sua vez, afirmou que desde o começo da administração contou com o apoio do prefeito, dizendo que o fato de poder ser prefeito pelos próximos dez dias é “mais um gesto de generosidade de Edinho”.

O prefeito aproveitou a breve cerimônia, classificada por ele como “uma simples formalidade” para afirmar que não receberá remuneração referente aos dias em que se mantiver afastado do cargo.

Protocolo de Intenções

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (PMDB) e o de São Paulo, João Dória (PSDB) assinaram na noite desta segunda-feira, dia 30, um protocolo de intenções com o objetivo de realizar a integração de políticas públicas de mobilidade urbana. A assinatura aconteceu durante a cerimônia de entrega do título de cidadão honorário rio-pretense ao prefeito da capital, na Câmara de Rio Preto. Em tom de palanque de campanha, Dória, que disputa com o governador Geraldo Alckmin a condição de candidato da legenda à presidência da República, frisou ainda a intenção de manter a unidade do partido. “Não vou dividir o PSDB”, afirmou.

Por Getúlio Salvador em 31/10/2017 às 23:59
JK Essencial Residence