Política

Depoimento de Marcondes é remarcado para o dia 25

Vereador é réu em ação que investiga suposto esquema de compra de votos durante campanha eleitoral no ano passado

Os depoimentos do vereador Fábio Marcondes (PR) e do cabo eleitoral Rogério Martins foram remarcados e devem acontecer no dia 25 deste mês. Eles são réus em ação que investiga um suposto esquema de compra de votos praticado no período eleitoral do ano passado e deveriam prestar esclarecimentos na última terça-feira, dia 8.

Para a audiência de terça-feira, que foi a retomada da oitiva interrompida no dia 17 do mês passado, 17 testemunhas haviam sidos arroladas e 10 foram chamadas. Duas delas, de acusação, foram conduzidas coercitivamente ao fórum de Rio Preto para prestarem esclarecimentos ao promotor eleitoral André Luiz de Souza.

Para o promotor, que pediu a suspensão da audiência no mês passado, por conta da ausência de testemunhas consideradas peças-chave no processo, os depoimentos desta semana confirmaram que o cabo eleitoral Rogério Martins comandou ações que visavam a troca de votos por brindes e, em alguns casos investigados, dinheiro em espécie.

Após os depoimentos dos réus, no dia 25, acusação e defesa tem cinco dias de prazo para apresentarem alegações. A sentença deve ser dada pelo juiz José Manuel Ferreira Filho, que na esfera cível já condenou o vereador a perda do mandato, inelegibilidade e multa por conta dos crimes eleitorais. 

Por Getúlio Salvador em 10/08/2017 às 23:59