FIM DE PAPO

A comissão processante, instalada para investigar denúncia feita contra o vereador Renato Pupo (PSD) decidiu, por 2 votos a 1, não dar prosseguimento às investigações, que tinham como objetivo classificar como quebra de decoro uma conversa telefônica entre Pupo e Anderson Branco (PR), onde o vereador do PSD teria “ameaçado” o colega parlamentar, de acordo com denúncia feita por Antônio Maurício de Souza, amigo de Branco.

 

Por em 12/04/2018 às 23:59