A queda

Os interventores judiciais que administram o Sindicato dos Motoristas não querem deixar nem sombra do antigo comandante da entidade. Pintaram o prédio com cores bem mais discretas que o verde e amarelo que era ostentado por ordem de Daniel Caldeira (PSL) - presidente afastado pela Justiça - e trocaram a placa do "Comando Pesado" por outra que fala em "transformação". O retrato gigante do sindicalista, que chamava a atenção do alto da edificação, também foi ao chão. Bem ou mal, é o fim de uma era.

Por em 18/05/2017 às 23:59