GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Geral

Empreendedores listam livros que ajudaram a criarem franquias de sucesso

Com o poder de adquirir novo conhecimento, empresários contam que a leitura diária permite melhorar o vocabulário e, inclusive, lidar com outras pessoas no ambiente de trabalho

Ler é fundamental na vida das pessoas. Criar o hábito da leitura é algo que possibilita adquirir novos conhecimentos, melhorar o vocabulário e escrita, e o principal, colocar em prática os ensinamentos ali escritos. No mundo dos negócios esse hábito não deve ser diferente. Ler acaba se tornando uma grande oportunidade para o empresário se capacitar e criar novas ideias. Veja dicas de leitura de quatro empresários que possibilitaram a criaram “impérios” no mercado de franquias e hoje são referência nos segmentos que atuam. 

Mudança de hábito

Lidar com questões financeiras não é algo fácil, requer muita atenção. Carlos Alexandre Gomes, diretor executivo da rede Banneg-Banco de Negócios, empresa com foco no mercado financeiro revela que nutre uma paixão pela leitura, algo que já se tornou um hobby e que permitiu tirar muitas ideias para a criação do seu negócio, inclusive, a busca contínua por informação o permitiu se tornar uma pessoa confiável, comunicativa e, sobretudo, capacitada para fazer análise além das aparências. “Diversos livros e filmes foram importantes para incorporar ideias, motivar e fornecer dicas.  Eu destacaria alguns mais recentes como, por exemplo, “Gente que Resolve” e “O Poder do Hábito”, diz. O empresário acrescenta ainda que nas telinhas, o filme o “Homem que mudou o Jogo” despertou muito sua atenção, pois trata-se de um filme que baseia suas decisões em análises estatísticas. Entre as principais lições extraídas desses livros, Gomes cita mudança de hábitos que fazem com que o “peso diário” fique mais fácil é um destes exemplos.  “Quando escovamos os dentes, dirigimos até o trabalho ou ajeitamos a gola da camisa, não gastamos energia, pois é uma ação automática.  Se tornamos hábito vender, tomar decisões importantes ou fazer contas orçamentárias, então isso também não será um peso”, diz.

Para aqueles que buscam empreender, criar um negócio do zero, toda ajuda é sempre bem-vinda, seja dos livros, conselhos dos mais experientes, filmes e até mesmo da espiritualidade.  “Não abro mão de uma boa oração quando tenho que tomar decisões difíceis.  Confiar só na intuição ou na emoção do momento pode ser fatal. Há muitos enganos e armadilhas no dia a dia, mas pessoas que leem bastante, raramente serão passadas pra trás”, reflete o diretor executivo.

É necessário habilidades

Não basta querer criar algo se realmente não tiver jeito para o negócio. Essa é uma das lições extraídas por Marcelo Salomão, diretor executivo da Gigatron Franchising (rede de serviços em tecnologia), que diz que Breaking Bad, sua série preferida, fez perceber que não basta ser o melhor se não tiver todas habilidades necessárias do sucesso ou um time comprometido. Essa série mostra como um dos melhores químicos do mundo não foi capaz de enriquecer financeiramente mesmo sendo um dos melhores na sua área, então, ele decide começar a produzir drogas sintéticas e ingressar no crime, contudo, mesmo ele fazendo o melhor produto teve muitas dificuldades para ter sucesso. Motivos como: falta de gestão, comunicação, equipe e marketing. “Só que para encaixar tudo leva tempo. E é assim também nos negócios. Não basta saber dominar um assunto, se você não tiver espírito de liderança, uma equipe realmente comprometida. O sucesso demora a chegar, mas quando chega a gente olha para trás e vê que todo esforço foi válido”, diz.

Atualmente Salomão está lendo o livro “As ideias que mudaram o mundo”, de Steven Johnson. Ele afirma que a leitura sempre foi essencial na criação de sua empresa, pois foi nela que descobriu novas oportunidades e que o faz se manter atualizado com o mercado, que por sinal a área que atua vive em constante transformação.

Planejamento de vida

Empresário de uma holding com seis marcas atuando no mercado de franchising: Encontre Sua Viagem, Bidon Corretora de Seguros, SUAV, Fórmula Pizzaria, GeMotion e Acquazero, Henrique Mol conta que o planejamento é o segredo de qualquer negócio dar certo. Para isso, sempre está em busca de novos conhecimentos. O empresário afirma que o livro “Pai Rico, Pai Pobre” o ajudou muito no mundo dos negócios. “A questão do investimento em ativos e planejamento para que as coisas possam ocorrer de forma positiva e crescente com o decorrer do tempo é um dos ensinamentos que extrai deste livro que apesar da época de publicação ainda continua sendo muito lido por diversos empresários”, conta.

Mol recomenda este livro para aqueles que buscam criarem negócios duradouros a longo prazo, com investimentos que gerem crescimento. Apesar da vida corriqueira, o empresário lê em média dois livros por mês, pois segundo ele, “essa é a chave principal para exercitar a mente e aplicar todo conhecimento adquirido no dia a dia da empresa”, conclui.

Administrando recursos e pessoas

Para o empresário Luciano Rodrigo de Souza, que se aventurou no mundo dos negócios recentemente com a franquia Shakerama Shakes e Delícias, seu livro favorito é “Mc Donald’s: A verdadeira história do sucesso”, escrito por John F. Love. Luciano iniciou sua carreira profissional nesta empresa e diz que sua história é surpreendente. “A força de vontade de Ray Kroc é inspiradora. Mesmo, na minha opinião, utilizando de alguns recursos em alguns momentos não muito justos, teve resiliência para vencer os obstáculos e fazer esta empresa tão grande e sólida. E isso é o que falta em muitas pessoas hoje em dia: força de vontade. Não basta querer é necessário por em prática”, afirma o empresário.

O diretor executivo salienta que livros com conhecimento específico em determinada área possibilitou aprender e aplicar na estruturação do planejamento de sua rede e até mesmo na forma de administrar recursos e pessoas. Atualmente, Luciano está lendo o livro “Inteligência Emocional na Gestão de Resultados”, dos autores Lee Gardenswartz, Jorge Cherbosque e Anita Rowe, e inclusive, recomenda para aqueles que querem empreender adotar o hábito da leitura. “Trata-se de algo que vicia. Quanto mais lemos, mais buscamos por conhecimentos. Seja nos livros ou séries sempre é possível tirar algum aprendizado. Basta analisar com cuidado se irá colocar em prática ou não”, conclui.

 

Por Da Redação em 21/07/2018 às 11:18
JK Essencial Residence