Estradas

Operação Natal começa nesta sexta-feira, dia 22, nas estradas

Estimativa das concessionárias é de que pelo menos 421 mil veículos transitem pelas rodovias que cortam a região de Rio Preto

Começa nesta sexta-feira, dia 22, e segue até as 23h59 do dia 25, a tradicional Operação Natal nas rodovias que cortam a região de Rio Preto. A expectativa é de que neste período cerca de 421 mil veículos transitem pelas estradas. O policiamento será reforçado em trechos estratégicos para fiscalizar excessos cometidos pelos motoristas. Também será intensificado o patrulhamento ostensivo preventivo em locais com maior índice de acidentes. De acordo com o capitão da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Cláudio Ferreira da Silva, o desenvolvimento da operação tem como objetivo principal a proteção à vida, prevenindo principalmente acidentes e mortes nas estradas.

“Todo o esforço e empenho do policiamento serão concentrados na prevenção e repressão aos atos relacionados com a Segurança Pública, garantindo a obediência às normas relativas à segurança do trânsito, assegurando a livre circulação e evitando acidentes, proporcionando, deste modo, aos usuários das rodovias, um trânsito em condições seguras”, afirma o capitão da PRE.

A estimativa das concessionárias que administram as principais rodovias da região é de trânsito intenso de sexta-feira até o final da noite de segunda feira, 25. A concessionária Triângulo do Sol, que responsável pelo trecho da rodovia Washington Luís (SP-310), entre Mirassol a São Carlos, calcula que pelo menos 231 mil veículos transitem pelo trecho durante o período natalino. Vale ressaltar que os motoristas devem redobrar a atenção em dois trechos que estão passando por obras. No quilômetro 400 – entre Uchoa e Catanduva – e no quilômetro 351 - próximo ao município de Agulha – uma das faixas da via está sendo recapeada. Embora os locais estejam bem sinalizados, os condutores deverão reduzir a velocidade para evitar acidentes.

Já na rodovia BR-153, única estrada federal da região de Rio Preto, a concessionária Triunfo Transbrasiliana estima que 190 mil veículos circulem pelo trecho paulista. A expectativa é de que o movimento seja mais intenso das 16h até meia-noite desta sexta-feira, dia 22, e no sábado, dia 23, das 6h às 8h. Já na segunda-feira, dia 25, é espero que o fluxo de veículos seja intenso das 13h às 19h.

Prevenção

Os motoristas devem adotar medidas antes de seguir viagem, para evitar transtornos durante o trajeto.“O planejamento adequado da viagem é essencial. Antes de partir deve-se definir um itinerário, por precaução anotar telefones de emergência, localização das bases da Polícia e de pontos de apoio para eventuais paradas. Também não se deve esquecer da manutenção preventiva do veículo e a verificação de itens como pneus, luzes e freios, que  são fundamentais para a segurança, além da documentação do veículo”, afirma o capitão da PRE. Outro fator que expões os motoristas aos riscos de acidente é a imprudência no volante. “Muitas batidas acontecem porque motoristas não respeitam os limites de velocidade ou tentam fazer ultrapassagens perigosas. O ideal é sempre respeitar o limite e manter uma distância de segurança do veículo a frente para evitar freadas bruscas”, afirma.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e as concessionárias que administram as rodovias disponibilizam atualmente em seus perfis nas redes sociais, em tempo real, o acompanhamento do movimento nas principais estradas que destinam a capital paulista, bem como ao interior do Estado, inclusive com estimativa do tempo de viagem. Sugere-se, portanto, que antes de iniciar a viagem, sejam consultadas as condições mais adequadas, de modo a evitar surpresas ao longo do trajeto.

Chuvas

A previsão para os próximos dias é de chuva. Por isso, é preciso atenção redobrada para dirigir com pistas molhadas. Além de reduzir a velocidade e aumentar a distância do veículo à frente, é importante evitar freadas bruscas, pois há risco de derrapagens. Opára-brisa do veículo deve estar limpo e as borrachas das palhetas do limpador em bom estado de conservação.  No caso de visibilidade comprometida pelas chuvas ou neblina, os motoristas não devem parar na pista, nem trafegar pelo acostamento. O recomendado é buscar refúgio temporário em pontos de apoio, como as bases do Serviço de Atendimento ao Usuário das concessionárias, postos de combustível ou bases da polícia.

Por Alex Pelicer em 21/12/2017 às 23:59
JK Essencial Residence