GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Esportes

Vôlei feminino de Rio Preto está na final e busca mais um título na Liga Bauru

Equipe enfrentará o Botucatu, adversário com o qual o time do técnico Adenílson Ambrózio ainda não jogou neste ano e que deve dificultar a partida

A equipe de vôlei feminino de Rio Preto está na final da Liga de Bauru 2018. Na decisão, neste fim de semana, dias 10 e 11, o time rio-pretense enfrentará Botucatu, na casa dos adversários, uma equipe que Rio Preto ainda não enfrentou neste ano, o que pode dar um pouco mais de trabalho para a comissão técnica.  O time comandado pelo técnico Adenílson Ambrózio pode conquistar o segundo título no ano, e assim chegar com tudo para a disputa do 82º Jogos Abertos do Interior, que estão sendo realizados na cidade de São Carlos, entre os dias 14 a 24 de novembro. Nos Abertos, a equipe estreia somente no dia 19 deste mês. Adenílson fala sobre a campanha da equipe nesta competição. “Nós fizemos uma boa competição até o momento, durante este tempo que não jogamos pela Liga de Bauru fomos campeões da Liga de Rio Preto, mas o time está 100% concentrado nesta final”.

“Como nós não jogamos ainda contra Botucatu e também não vimos a equipe delas atuar, esta final será uma incógnita e com isso teremos que ir acertando nosso jogo de acordo com os rumos da partida, mas estamos treinando forte, tentando simular o ritmo de jogo já que nossa última partida foi na final da Liga de Rio Preto”, diz Adenílson.

Já sobre a disputa dos Abertos o técnico ressalta a força da competição, mas sabe do potencial da equipe e a meta para o torneio. “Estamos indo com o intuito de ficar entre as quatro melhores equipes para brigar por medalha, se chegarmos as finais melhor ainda, mas nossa meta é estar entre as quatro melhores equipes da segunda divisão”.

“Esta final da Liga de Bauru nos dará um parâmetro do que podemos melhorar e crescer para os Abertos, e em cima disso treinar na semana que antecede a competição”, completou o técnico.

E nos Abertos, se o time de vôlei tem uma meta de ficar entre os quatro melhores, o time de futebol feminino chega para disputá-la estes Jogos Abertos de 2018 como favorito. Depois de ficar com o vice no Brasileirão, a equipe do técnico Chicão Reguera é uma das candidatas ao título em São Carlos. A dirigente da equipe, Doroteia Inojo, fala sobre o nível da competição e desconversa sobre favoritismo. "Sempre entramos nas competições com a ideia de fazer o melhor pela cidade, mas os Abertos sempre são bem difíceis, as partidas tem um tempo de duração menor e também tem a maioria dos times do Paulista, o que deixa a competição ainda mais difícil de conquistar, tanto que não se vê uma equipe conquistando um bi ou tricampeonato”.

Já no basquete, depois de disputar o Campeonato Paulista, o time do América pode fechar o ano de 2018 com um grande título. A equipe do técnico Marininho Manella terá pela frente grandes desafios nos Jogos Abertos. O comandante está confiante para a disputa. "Nós somos os atuais campeões da competição e entramos esse ano novamente em busca do título. Vamos com uma equipe reduzida por conta das saídas do Ygor, do Lima, Felipe Tadei e Tiroga, mas mesmo assim estamos confiantes para conseguir fazer um bom Jogos Abertos e voltar novamente com o título para Rio Preto”. Os Jogos Abertos começam no dia 19 deste mês.  (Colaborou Léo Roveroni)

 

Por Henrique Fernandes em 08/11/2018 às 23:59
JK Essencial Residence