Esportes

Presidente quer ‘20 anos em dois’ no Rio Preto

José Eduardo Rodrigues está implantando uma gestão empresarial no Jacaré

Em menos de dois meses à frente da direção do Rio Preto Clube, José Eduardo Rodrigues mostra ao torcedor que é um dirigente preocupado com o futuro do Jacaré. Aos poucos está implantando uma gestão empresarial ao clube. Rodrigues traz ao esporte a experiência adquirida em outros ramos em que atuou. Ele foi vereador, deputado estadual e diretor durante 30 anos de grandes empresas, como o Metrô, DERSA e CDHU. “O futebol precisa ser tratado com profissionalismo e é isso que estamos fazendo aqui no Rio Preto Esporte Clube”, afirmou Rodrigues. 

É com esse pensamento que ele conversa com os funcionários e prestadores de serviço do Rio Preto. Nesta última semana, três colaboradores do clube participaram de cursos de capacitação profissional. O advogado Marcelo Fadul participou de curso, organizado pela Academia Nacional de Direito Desportivo, Instituto Brasileiro de Direito Desportivo e APFUT, em Brasília. O encontro abordou a lei do Profut e a dificuldade que a maioria dos clubes enfrenta para quitar suas dividas trabalhistas. “De 662 clubes profissionais do país, somente 107 aderiram ao Profut e a maioria tem dívidas trabalhistas enormes e não conseguem arcar. Dialogando com colegas de grandes clubes, como Flamengo, Fluminense, Botafogo e São Paulo, verificamos que o Rio Preto é um dos poucos do país que consegue honrar seus compromissos tributários, fiscais e trabalhistas em dia. E precisamos destacar ainda que o Rio Preto Esporte Clube fez os seus parcelamentos um ano antes da lei”, afirmou Fadul.

Nesta semana, a gerente financeira do clube, Aline da Silva Francisco, e a gerente do estádio, Ana Aparecida Hansen, participaram de cursos e seminários, na sede da Federação Paulista de Futebol, em São Paulo. Aline participou de dois seminários, de tecnologia e gestão desportiva e financeira. “Foi muito bom. Reciclar sempre é positivo e adquirir novos conhecimentos nunca é demais”, comentou Aline.  Ana participou do curso de Capacitação de Equipes de Manutenção de Gramados. “O curso foi bem completo, desde os primeiros cuidados com o gramado, até com maquinário. Também fomos a campo e visitamos o Allianz Parque”.

Mas o foco do novo comandante do clube não está somente no administrativo, financeiro e jurídico. Quem for ao estádio Anísio Haddad e visitar o poliesportivo poderá acompanhar mudanças significativas. Várias melhorias estão sendo realizadas, no estádio e no poliesportivo. A construção de uma nova sala de imprensa para atender os profissionais da região também está saindo do papel. “O sangue verde voltou ao Jacaré. pretendemos fazer em dois anos o que seria realizado em 20”, afirmou o presidente.

Por Da Redação em 31/08/2017 às 23:59