Esportes

Vôlei de Rio Preto conhece adversários do Paulista

Torneio terá início no dia 7 de maio. De cara, as meninas vão enfrentar o atual campeão, o Pinheiros

Falta pouco mais de um mês para o início do Campeonato Paulista Sub-21 e a equipe de vôlei de São José do Rio Preto/SMEL está finalizando sua preparação para enfrentar duras batalhas que terá pela frente. As primeiras partidas serão contra as atuais campeãs e as vice da competição. O técnico da equipe Adenílson Ambrózio falou sobre este duro começo de competição que se inicia no dia 11 de maio contra Pinheiros, às 19h, em casa, no ginásio do Automóvel Clube. As rio-pretenses conheceram as adversárias nesta semana, com a divulgação da tabela do primeiro turno do Paulista. O torneio início será realizado no dia 7 de maio.

“Jogar logo de cara contra o atual campeão e depois o vice é importante, já que após essas duas partidas vamos poder ter noção do que fazer neste campeonato, sendo que já teremos enfrentado duas das melhores equipes. Depois é um pouco mais tranquilo, apesar de que todas as equipes têm um nível muito bom.” E como a preparação das meninas está sendo feita há mais de um mês, na parte física e técnica, as próprias jogadoras dizem estar “na ponta dos cascos” para o começo do torneio. A levantadora Gabriella Fonseca comentou sobre o estágio físico e técnico das atletas e também sobre a dificuldade de enfrentar equipes fortes do Estado de São Paulo. “Nós estamos no caminho certo na preparação. Tenho certeza que quando chegar mais próximo da estreia estaremos no ponto certo tanto técnico quanto físico. Qualquer equipe pode vir, vamos estar preparadas para tudo, a camisa delas não pesa. É indiferente enfrentar uma equipe de mais nome e outra de menor expressão, nosso jogo será o mesmo”, afirma.

Apesar da base do ano passado ter sido mantida, algumas jogadoras chegaram e outras saíram da equipe de Rio Preto, o que pode causar um certo atraso no entrosamento das jogadoras, porém, a líbero Maria Elisa garante que a sintonia entre as novatas e as mais experientes está 100%. “Acredito que as meninas que chegaram estão bem mais soltas agora, elas sofreram com o calor como todas que chegam para jogar em Rio Preto, mas já se acostumaram e se o jogo fosse amanha nós iriamos fazer uma boa partida”, ressaltou. (Colaborou Leo Roveroni)

 

 

 

 

Por Da Redação em 06/04/2017 às 23:59