GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Entretenimento

Planeta Rock 2018 anuncia shows para edição em agosto

A 7ª edição do festival em Rio Preto será nos dias 10 e 11 de agosto com shows de Pitty, CPM 22, Detonautas, Jota Quest, Humberto Gessinger, Armandinho e Psicodella

A Fama Produções e Consultoria apresentou para imprensa, convidados e autoridades, na noite de quinta-feira, dia 19, no Hyatt Place, em São José do Rio Preto (SP), a grade de shows da 7ª edição do Planeta Rock, um dos principais festivais de rock do Brasil. O evento será realizado em uma megaestrutura montada no Recinto de Exposições “Alberto Bertelli Lucatto”. O festival contará com shows de Pitty, CPM 22, Detonautas, Jota Quest, Humberto Gessinger, Armandinho e Psicodella, além do tradicional concurso de bandas. Os diretores André Fachinetti, Kelly Fachinetti e André Fachinetti Júnior também apresentaram o conceito dessa edição que é ‘abrigar’ os amantes do rock'n'roll em um novo mundo. “O Planeta Rock 2018 propõe uma nova experiência durante um encontro histórico entre gerações, com shows de nomes consagrados do rock. Além de mantermos a tradição do nosso famoso concurso de bandas que revela tantos talentos em cada edição”, afirma André Fachinetti.

O Planeta Rock atingiu a marca de mais de 120 mil pessoas nas seis edições anteriores, o que comprova a credibilidade e sucesso do festival.  De acordo com Kelly Fachinetti, o símbolo dessa edição será o número sete, que em seus significados enaltece a renovação e a perfeição, traduzindo os objetivos dos diretores. “Vamos somar as experiências adquiridas durante a trajetória de seis anos de existência e multiplicar suas plataformas de comunicação e abrangência. São sete estrelas. Sete dias da semana. Sete notas musicais. Sete cores do arco-íris. E sete leis universais. O novo mundo do Planeta Rock busca uma conexão por meio de canções, melodias e acordes. Um planeta regido não pelo poder, mas pela pura paixão pelo rock'n'roll”, afirma.

É incontestável a abrangência do Planeta Rock por conta da sua notoriedade e histórico de shows de bandas que fazem parte da história do rock nacional. O público não é apenas de Rio Preto e região, mas de vários outros estados brasileiros, inclusive com uma novidade este ano: excursões vindas de várias cidades estratégicas. Isso sem contar que o concurso de bandas tem como principal objetivo incentivar as bandas de rock que não têm a oportunidade de fazer uma apresentação em uma megaestrutura como a do Planeta Rock e mostrar o seu trabalho para um público da dimensão do festival, além de revelar novos talentos.

O festival será dividido em três setores: Pista R$ 50 (1º lote), Pista Premium R$ 90 (1º lote) e Camarote R$ 100 (1º lote). As vendas online começam na quarta-feira, dia 25, pelo site Eventim, um dos principais sites de vendas da América Latina. O evento é patrocinado pela Tereos Açúcar & Energia Brasil, por meio do Açúcar Guarani, Unilago – União das Faculdades dos Grandes Lagos e Constru-Sol.  

É inegável a relevância cultural do rock. Sua influência e o quanto as bandas têm se reinventado dia após dia, sem deixar de lado a sua essência e a receita básica entre guitarras estridentes, riffs contagiantes e vocais inconfundíveis. A 7ª edição do Planeta Rock quer enaltecer as tradições do rock e explorar as suas novas vertentes. Por isso, será criado um novo mundo. Os habitantes não são meros coadjuvantes. Mas protagonistas de uma viagem cultural e plural. Afinal, o rock tem o poder de contestar ideias e instigar novos pensamentos.

O local para ‘abrigar’ esse novo mundo não poderia ser outro: o Recinto de Exposições “Alberto Bertelli Lucatto”, no Distrito Industrial, com capacidade para 70 mil pessoas, às margens da rodovia Washington Luís (SP-310). Ideal para a realização do Planeta Rock 2018.

Por Da Redação em 20/04/2018 às 11:20
JK Essencial Residence