GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Eleições

Cerca de 330 mil eleitores de Rio Preto devem ir às urnas neste domingo, dia 7

Cidade registra 27 mil títulos cancelados e 4,2 mil suspensos, o que representa 31 mil votantes sem condições de participar da eleição

Ao todo 328.658 eleitores de Rio Preto estarão aptos a votar neste domingo, dia 7. Eles se juntam aos 147.302.354 brasileiros de todos os cantos do país que, de acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), podem eleger representantes para cargos públicos. Na região de Rio Preto são 1.392.811 eleitores em condições votar. O número é obtido somando-se os eleitores de 107 cidades que, de acordo com lei eleitoral, define os municípios que formam a região administrativa de Rio Preto. Inclusive, Rio Preto segue como maior eleitorado na região, com 328.658 mil eleitores. Barretos é o segundo com 86.843, seguido de Catanduva, 85.817.

Rio Preto tem 27 mil pessoas com título eleitoral cancelado. Outros 4.233 moradores estão com títulos suspensos. Eles não podem votar na eleição de domingo. Caso a situação desses eleitores fosse regularizada, o município teria 31 mil eleitores a mais que o total anunciado.

Neste ano, eleitores irão votar para presidente, governador, senador (dois no Estado de São Paulo), além de deputados federais e estaduais. O primeiro turno está marcado para o dia 7 de outubro. Em caso segundo turno, o que pode ocorrer apenas na disputa presidencial e para o governo de Estado, a data da eleição foi marcada para o dia 28 deste mês.

Perfil do eleitor

Mais velho, feminino e instruído. Este é perfil do eleitor de Rio Preto para estas eleições. Dados do TSE apontam que mais de 53,6% do total é formado por mulheres, o que representa 23 mil eleitoras a mais que homens. Ao todo, 350 eleitores não têm sexo informado. A parcela feminina do eleitorado da cidade é acima da média nacional, que é de 52% do total de eleitores aptos a ir às urnas no dia 7 de outubro. O grau de instrução do eleitorado de Rio Preto registrou aumento. O maior crescimento ocorreu na parcela de eleitores com curso superior completo, cuja porcentagem para eleição deste ano é de 10,32%. No total, são 40.565 eleitores com Ensino Superior completo. Em 2014, o total era de 27.267 eleitores nessa condição, o que representava, à época, 8,72% do eleitorado.

A parcela do eleitorado mais antigo também registrou aumento com relação à última eleição geral. Atualmente, 23% do total de eleitores têm 60 anos ou mais. No rol de eleitores de Rio Preto com idade entre 65 anos e 69 anos, houve aumento de 2,3 mil eleitores em relação à eleição de 2014. O voto é obrigatório para que tem entre 18 anos e 70 anos. Em idade inferior a 18, e acima de 16 o voto é facultativo, assim como no caso de eleitores com mais de 70 anos. A maioria do eleitorado rio-pretense está na faixa entre 35 anos e 39 anos. São 35.248 mil eleitores nessa situação.

Biometria

Para a eleição deste ano, 98.305 eleitores de Rio Preto fizeram atualização do título por biometria. Para esta eleição, a biometria não é obrigatória em Rio Preto. Isso deve ocorrer a partir da eleição de 2022.

Locais de votação

Rio Preto possui ao todo 119 locais de votação. São 963 seções eleitorais. O eleitor que for de fora de Rio Preto e sabe que vai estar no município no dia da eleição pode procurar os cartórios eleitorais da cidade, na rua Lafayete Spínola Castro, 1.463, ao lado da Santa Casa. Em Rio Preto, o voto em trânsito será no Colégio Santo André. O prazo para requerer o direito terminou no dia 23 de agosto. Dois locais de votação foram transferidos nesta eleição em Rio Preto. Quem votava nas faculdades Dom Pedro agora vai votar no Colégio Anglo, na rua Bernardino de Campos. Os eleitores que deveriam ir à Facmil foram transferidas para a Famerp, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, ao lado do Hospital de Base. O eleitor pode consultar o novo local de votação pelo site do Tribunal Regional Eleitoral, por aplicativo ou direto nos cartórios. As mudanças devem atingir quase seis mil eleitores.

O que pode e não pode na reta final da campanha:

5 DE OUTUBRO – SEXTA-FEIRA

Último dia para a divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral e a reprodução, na Internet, de jornal impresso.

6 DE OUTUBRO – SÁBADO

Último dia para a propaganda eleitoral mediante alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8 e as 22 horas. Último dia, até as 22 horas, para a distribuição de material gráfico e a promoção de caminhada, carreata, passeata ou carro de som que transite pela cidade divulgando jingles ou mensagens de candidatos.

7 DE OUTUBRO – DOMINGO

Data em que se realizará a votação do primeiro turno das eleições.

Por Raphael Ferrari em 04/10/2018 às 23:59
JK Essencial Residence