GAZETA DIGITAL ISSUU - Gazeta de Rio PretoISSUU - Gazeta de Rio Preto

Cidades

Suspeito de cometer latrocínio é detido pela Polícia Militar

O jovem de 19 anos preso pela Polícia Militar na manhã deste sábado, dia 10, confessou que ele e mais outro rapaz roubaram a moto para trocar por entorpecentes. A PM chegou até ele após uma denúncia anônima ao 190

Um jovem de 19 anos foi preso pela Polícia Militar na manhã deste sábado, no bairro Nato Vetorazzo, em Rio Preto. Ele é suspeito de participar do latrocínio - roubo seguido de morte -  do comerciante Márcio Antônio Galhardo, de 50 anos, que aconteceu nesta sexta-feira, 9, no Parque Industrial. A motocicleta da vítima estava em um imóvel abandonando, próximo a casa do rapaz detido.

De acordo com a Tenente da Polícia Militar, Amália Passi, uma denúncia anônima levou os PMs até o local onde estava a motocicleta.

“Por volta das 9h30 recebemos a informação que tinha uma moto abandonada no interior de uma casa desocupada. No local encontramos a motocicleta e vimos que era da vítima do latrocínio. Além de localizar o veículo, descobrimos que quem abandonou a moto era um dos vizinhos daquele imóvel. Fomos até a casa deste jovem, de 19 anos, ele de imediato confessou sua participação no crime”.

As chaves da motocicleta foram aprendidas no quarto do jovem. Questionado sobre o motivo do crime, o rapaz disse aos policiais que ele e um conhecido, que era próximo a vítima, resolveram roubar a motocicleta do comerciante para trocar por droga.

“Antes de chegar à casa do comerciante, eles já tinham premeditado o crime. O plano era levar a motocicleta e trocar por entorpecentes. No local, quando eles anunciaram o roubo, foi que a vítima reagiu e houve a luta corporal entre eles. Perguntamos se foi usada alguma arma nas agressões e ele negou. Disse que após amarrado a vítima foi agredida com socos e chutes. O jovem detido disse também que o outro rapaz envolvido, que já foi identificado, mas ainda não localizado era conhecido do comerciante, por isso a vítima abriu o portão para eles” conta a Tenente.

O jovem detido também relatou que não tinha conhecimento da morte do comerciante. “Quando dissemos que a vítima não tinha resistido, ele disse que não sabia desta informação, pois assim que após a agressão fugiram com a motocicleta” afirma a tenente.

O suspeito detido foi levado para Delegacia de Investigações Gerais (DIG) para prestar esclarecimentos. O segundo suspeito, já identificado, está foragido.

Entenda o crime

O Márcio Antonio Galhardo, de 50 anos, foi encontrado morto por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) na manhã desta sexta-feira, dia 9, no Parque Industrial, em Rio Preto. O caso já era tratado por latrocínio, pois além dos ferimentos, a vítima estava com pés e mãos amarrados. O imóvel também estava com móveis caídos, possíveis sinais de luta corporal.

Familiares notaram a ausência do um notebook e uma motocicleta. Após o trabalho corpo do comerciante foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e passou por exames necroscópicos para determinar as causas da morte.

Por Alex Pelicer em 10/03/2018 às 14:25
JK Essencial Residence