Cidades

Jovem é preso após agredir e queimar namorada com cigarro

O agressor foi preso em flagrante e levado ao plantão policial na manhã deste domingo, dia 7, em Rio Preto. Ele responderá pelos crimes de lesão corporal, tortura e estupro

Um rapaz de 24 anos foi preso após agredir sua ex-namorada com socos e queimá-la com uma ponta de um cigarro na manhã deste domingo, dia 7, em Rio Preto. A vítima, de 26 anos, passou por atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Tangará, onde pediu ajuda a um médico através de um bilhete, já que o agressor estava próximo. A PM foi chamada e deteve o jovem.

De acordo com o boletim de ocorrência, a jovem retornou a casa dela quando encontro o rapaz dormindo, momento em que despertou em foi em direção da vítima e passou agredi-la verbalmente.

O rapaz passou agredi-la fisicamente com socos no rosto. Em seguida, ele rasgou as vestes da vítima e tocou em suas partes sexuais, questionando se ela tinha lhe traído.

Além das agressões físicas, o rapaz ainda acendeu uma ponta de cigarro e queimou a vítima, para que ela admitisse que tivesse traído ele.

Cessada as agressões, o rapaz levou a vítima até a UPA Tangará, durante o trajeto ele ameaçou a jovem de morte caso contasse a verdade.

Ao ser atendida pelo médico plantonista, a jovem pediu ajuda solicitando a presença da polícia através de um bilhete, uma vez que o agressor estava próximo. Com a chegada da PM a vítima contou todo o ocorrido e o agressor foi preso.

A jovem foi transferida ao Hospital de Base onde passou por atendimento e foi liberada. O agressor foi levado ao plantão policial, onde foi preso em flagrante. Ele responderá pelos crimes de lesão corporal, tortura e estupro.

Por Alex Pelicer em 08/01/2018 às 11:50
JK Essencial Residence