Cidades

Secretário dos Recursos Hídricos vem a Rio Preto

Benedito Braga estará na cidade nesta segunda-feira, dia 16, para participar da 15ª edição do Diálogo Interbacias de Educação Ambiental em Recursos Hídricos

O secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Benedito Braga, abre nesta segunda-feira, dia 16, a 15ª edição do Diálogo Interbacias de Educação Ambiental em Recursos Hídricos. O evento acontece de 16 e 18 de outubro em Rio Preto e é preparatório para o 8º Fórum Mundial da Água, que será realizado em março de 2018 no Brasil. Benedito Braga também é presidente do Conselho Mundial da Água, entidade que promove o Fórum.

O Diálogo Interbacias de Educação Ambiental em Recursos Hídricos, organizado anualmente pelos 21 comitês de bacias hidrográficas do Estado de São Paulo, busca a integração e articulação de programas, projetos e ações educativas seguindo os princípios da política estadual de gerenciamento de recursos hídricos e a política estadual de educação ambiental. Esse trabalho é realizado na área de atuação dos Comitês de Bacias Hidrográficas, propiciando a troca de experiências, a mobilização e a capacitação permanente da sociedade. Nos Diálogos, realizados anualmente desde 2003, são abordados temas articulados aos eixos principais “Educação Ambiental” e “Gerenciamento de Recursos Hídricos”, fomentando um processo permanente de diálogo.Dentro da programação, o Encontro Regional Sudeste “Gestão Participativa e Social da Água”, que abrange toda a região sudeste brasileira com a participação de representantes dos Comitês de Bacias de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, vai promover discussões para o Fórum Cidadão do 8º Fórum Mundial da Água. Em especial, serão apresentadas tecnologias locais desenvolvidas em território brasileiro.

Sobre o fórum

O Fórum Mundial da Água é o mais importante evento sobre o tema no mundo, contribuindo para o diálogo do processo decisório em nível global, visando a segurança hídrica através da criação de infraestrutura e uso racional e sustentável deste recurso. Por sua abrangência política, técnica e institucional, o Fórum tem como uma de suas características principais a participação aberta e democrática de um amplo conjunto de atores de diferentes setores, traduzindo-se em um evento de grande relevância na agenda internacional.

Participam do Fórum Mundial governantes, especialistas acadêmicos, representantes de órgãos de fomento, ONGs e empresas que atuam no setor. “É um evento que fará com que os olhos do mundo se voltem ao Brasil, que, além de tudo, é detentor de uma das maiores reservas de água doce do mundo”, ressalta o presidente do Conselho Mundial da Água.

Por Da Redação em 10/10/2017 às 23:59