Cidades

Homem sofre queimaduras de terceiro grau em incêndio

A suspeita da Polícia é que a origem do fogo possa ser criminosa, pois a vítima apresentava sinais violência e também estava enrolada em lençóis e no colchão do lado de fora do imóvel. A ocorrência foi registrada na manhã desta quinta-feira, dia 12

Um homem de 33 anos está internado em estado grave no Hospital de Base após sofrer  queimaduras de terceiro grau em várias partes do corpo na manhã desta quinta-feira, dia 12. O caso será investigado pela Polícia Civil, pois além das queimaduras, a vítima apresentava sinais de agressão na cabeça. Uma marreta com marcas de sangue foi recolhida. O imóvel, que fica no bairro Vila Angélica em Rio Preto, está isolado.

De acordo com informações, vizinhos viram quando o corpo de um homem estava em chamas no quintal de uma casa na rua Totó Duarte. A casa onde a vítima morava, de três cômodos, também estava pegando fogo.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e uma equipe do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências) prestou os primeiros atendimentos a vítima ainda no local, como explica o Tenente Thiago Marin.

“Encontramos a vítima com possíveis sinais de violência, como ferimentos na face. Acreditamos que ela possa ter sido agredida e em seguida o possível agressor, ou agressores, jogaram lençóis sobre o corpo e ateou o fogo. Prestamos os primeiros socorros ainda no local e o homem foi levado em estado grave ao Hospital de Base”.

Após a remoção do homem, bombeiros extinguiram rapidamente as chamas no interior da casa. O local foi isolado pela Polícia Militar até a chegada dos peritos do Instituto de Criminalista (IC).

Dentro do imóvel foram apreendidas uma marreta com marcas de sangue e também uma faca. Todo material recolhido passará por perícia. Vizinhos relataram não ter notado nenhuma anormalidade momentos antes do incêndio. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Por Alex Pelicer em 12/10/2017 às 11:50