Bolsa de Mulher

O que esperar de 2018?

Ano será movimentado por conta das eleições gerais, em outubro, e Copa do Mundo, na Rússia

É hora de planejar 2018. Especulações e previsões não faltam. De acordo com a astrologia, Júpiter é o planeta regente do novo ano. A notícia boa é que esse planeta favorece as novas oportunidades. Dados do recente BoletimFocus – publicação semanal na qual o Banco Central reúne as projeções de cerca de 100 economistas para os principais indicadores do Brasil – revelam menor inflação e crescimento da econômica brasileira no ano que vem. “Haverá mudanças e movimentação em vários setores. Mas as mudanças na política vão depender principalmente do voto consciente de cada brasileiro”, afirma a contabilista Viviane Tatsuno, de 30 anos.

Superstições e estudos a parte, otimismo não falta. A expectativa é de que 2018 seja um ano atípico por conta das eleições gerais e da Copa do Mundo, que será sediada na Rússia. Afinal, não tem como negar que o futebol é ainda uma paixão nacional.

A economista Carla Sarni, 42, afirma que a disputa eleitoral é que vai ditar os rumos do Brasil nos próximos anos. Afinal, o novo presidente, ou a nova presidente, tomará posse só no primeiro dia de 2019. “A economia brasileira já deu sinais de retomada. A recessão ainda existe, mas a recuperação é nítida e ao mesmo tempo lenta”, explica a economista.

As eleições gerais no ano que vemserão realizadas no dia 2 de outubro.Até lá é quase um ano pela frente para por em prática a tradicional lista de planos e metas para o começo de um novo ano. Alguns sonham com a casa própria, outros com o carro novo. Segundo o Google, boa parte dos brasileiros quer mesmo um emprego novo. A empresa fez uma análise com base nos dados de pesquisas de quatro mil brasileiros e constatou que o termo “emprego novo” é um dos mais procurados, 12 vezes mais do que em 2016. Apostar no próprio negócio é uma boa opção para quem quer dar adeus a baixos salários e empregos estressantes.

Alguns seguem à risca as estratégicas traçadas, outros esquecem antes mesmo do Carnaval chegar. Mas, nos dois casos, a pergunta principal que se deve fazer é: o que esperar de 2018?A resposta pode não ser simples, mas tem de conter uma autorreflexãosobre o que vou fazer para que o ano seja novo?  Ficar parado, esperando, não adianta, a vida passa e não espera pela contagem regressiva.

 

Por Kelê Louis em 28/12/2017 às 23:42
JK Essencial Residence